Artigo de opinião: Sobre o fenômeno “Pokémon Go”

Fora lançado na última quarta-feira (03/08/2016), com atraso, no Brasil, o jogo Pokémon Go. Disponível para iOS e Android, o game utiliza uma plataforma revolucionária, onde utiliza sua localização para que você possa caçar vários Pokémons espalhados por lugares reais. O novo fenômeno entre os jovens e adultos já está sendo alvo de críticas, muitos jovens estão sendo assaltados, atropelados e demais outras acusações. Entretanto, com a vinda de um jogo revolucionário, também surgem alguns benefícios.

Coincidentemente, ontem fiquei sem o carro, e decidi fazer o meu percurso caminhando. Aproveitei então para iniciar o aplicativo e comecei a caçar os falados Pokémons no trajeto até o meu trabalho.

Desde que os celulares inteligentes surgiram, a relação entre as pessoas começou a se tornar escassa e precária. É fato. Com um jogo para celular também poderíamos concluir um distanciamento das pessoas, certo? Mas não. As ruas foram tomadas de jovens conversando e discutindo sobre o game.

O jogo traz as chamadas Pokéstops, lugares da vida real onde você pode encontrar alguns itens importantes e também pode capturar alguns Pokémons. Aqui, encontrei um Pokéstop em uma praça. Em dias comuns, uma praça vazia e sem movimentação aparente. Quando passei, a praça estava surpreendentemente cheia. Os jovens davam risadas, enquanto conversavam sobre os avanços no jogo e compartilhavam uma rede 3G entre eles.

Andei mais um pouco e encontrei um rapaz ajudando uma outra pessoa que não conseguia capturar um Pokémon. Ele estava tentando ajudar uma maneira mais fácil. Tal cumplicidade nunca vista antes.

Cheguei a uma conclusão de que, não importa sua idade, nem sua posição sobre os malefícios do uso de celulares, Pokémon Go trouxe benefícios jamais vistos. Por isso se tornou revolucionário. Utilizando de uma modalidade de jogo completamente inovadora, conseguiu unir pessoas. Existiram casos de assalto envolvendo jogadores? Sim. Existiram jovens atropelados enquanto estavam jogando? Também. Amizades foram criadas? Também sim. Cooperação e cumplicidade, jamais antes vistas, foram encontradas? Surpreendentemente sim. Que joguemos todos com cautela e que aproveitemos este fenômeno para tirar apenas seus aspectos positivos, que estão surgindo a cada dia mais.

Anúncios

4 comentários em “Artigo de opinião: Sobre o fenômeno “Pokémon Go”

  1. o jogo pokemon gó vem atrapalhando a vida de estudantes , adultos e adolescentes.eu acho um absurdo as pessoas ficarem viciadas em um joguinho sem grassa na minha opinião,ficarem o dia inteiro jogando esse jogo são muitos os viciados no jogos.

    Eu em minha opinião sim as pessoas saem ,mas não sabem interagir com as coisas que estão em sua volta.As vezes passo por praças ,ou ate mesmo no shopping um montinho de pessoas cassando pokémons ,e atras dessas pokébolas .EU ACHO QUE AS PESSOAS QUE JOGASEM LIMITASEM O TEMPO DE JOGO,FICAR NO CELULAR O DIA INTEIRO QUE NÃO DA NE.Aa pessoas tem q ficar atentasquando estiverem andando nas ruas pois pode acontecer um asalto.

    concluindo eu sou contra esse jogo que usa o gps do celular.

    Curtir

    1. Obrigado pelo seu comentário! Sabemos sim que as pessoas, ao mesmo tempo que acabam interagindo mais e melhor através do jogo, há um leve isolamento e individualismo que gera o vício em jogos diversos. Entretanto, como um método de diversão, não vejo motivo para ser contra o jogo, mesmo porque as pessoas jogam em determinados momentos livres e, hoje, nem estão com o mesmo impacto que acompanhou o jogo desde o seu lançamento. O fenômeno acabou esfriando com o passar do tempo. E, da mesma forma que Pokémon Go atraiu milhares de jogadores, algum outro jogo será lançado em breve e terá um impacto semelhante. Sempre foi assim e sempre será. 🙂

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s